O que e sinagoga e Igreja?

O que é sinagoga e Igreja?

Sinagoga é a denominação dada ao local de culto da religião judaica. A sinagoga é o local onde os judeus podem praticar a fé judaica. As sinagogas têm exercido um papel importante na preservação da religião e da cultura do povo judeu.

Qual a diferença entre sinagoga e templo?

A sinagoga é o local de culto judaico, mas também é usada como local de estudo e, muitas vezes, também como centro comunitário. Os judeus ortodoxos costumam usar a palavra iídiche shul (pronuncia-se shool) para se referir à sua sinagoga. Nos EUA, as sinagogas são frequentemente chamadas de templos.

O que Jesus disse na sinagoga?

“Jesus, num dia de sábado, entrou na sinagoga de Cafarnaum e começou a ensinar. Todos ficavam admirados com o seu ensinamento: pois ensinava como quem tem autoridade, não como os mestres”. Um ensinamento novo dado com autoridade: Ele manda até nos espíritos maus, e eles obedecem'” (Mc 1, 27).

LER:   O que e termo de busca?

Quais são as diferenças entre as sinagogas?

As diferenças entre as sinagogas são semelhantes as das igrejas de hoje. A exigência básica para a formação de uma sinagoga era que houvesse pelo menos dez homens. A partir daí, eles tinham liberdade para estabelecer a estrutura e a forma que desejassem.

Como funciona a sinagoga no judaísmo?

A sinagoga passou a funcionar como um ponto de encontro dos judeus para as orações e para a leitura das Escrituras. A sinagoga não se limita ao prédio. As reuniões religiosas dos fariseus no judaísmo pós-destruição do templo eram feitas em casas privadas, e ainda há sinagogas que reúnem-se em casas privadas.

Como é considerada a sinagoga em Jerusalém?

Assim como o Santuário antigo em Jerusalém era o Grande Templo da fé judaica, também toda sinagoga e casa de estudo é considerada um mikdash me’at, um santuário em menores proporções. Não se pode comer ou beber, nem correr dentro da sinagoga, mas caminhar com dignidade e respeito e transmitir este comportamento aos filhos, através do exemplo.

LER:   Quais os sobrenomes poloneses?

Qual a responsabilidade da sinagoga?

É responsabilidade da sinagoga promover o verdadeiro centro da vida judaica, que é o lar judaico. Também a de fortalecer a lealdade, não a si mesma como instituição, mas a D’us a quem ela serve, e à Torá como o Divino comando. A lealdade às mitsvot e aos ensinamentos da Torá são a medida da fé de um judeu, e não a lealdade a uma instituição.