Como foi introduzida a literatura gotica no Brasil?

Como foi introduzida a literatura gótica no Brasil?

A literatura gótica acabou sendo introduzida e representada no Brasil por Álvares de Azevedo, com Noite na Taverna e Macário. Assim como no estrangeiro, os temas do autor brasileiro eram o obscuro e a proximidade da morte com o amor. Na Europa, nomes como Charles Baudelaire, o poeta, e Lord Byeron ganharam destaque.

Quando começou a literatura gótica na Grã-Bretanha?

A saber, a literatura gótica se desenvolveu durante o período romântico na Grã-Bretanha. A primeira menção de “gótico”, no que se refere à literatura, foi no subtítulo do conto de Horace Walpole de 1765 “O castelo de Otranto: uma história gótica”.

Quais eram os pontos fortes da narrativa gótica?

Naquele período, outros pontos fortes da narrativa gótica eram os personagens melodramáticos, carregados de um emocional afinco. Eles tinham como intenção primordial transmitir ao leitor os sentimentos mais profundos do âmago. Dentro da simbologia proposta pela literatura gótica, era clara a repetição constante nos mistérios provindos do passado.

LER:   Como conectar o Nintendo Wii na internet?

Por que a literatura gótica é um movimento multifacetado?

Apesar de ser um movimento multi-facetado, reflexo de conjunturas históricas e políticas, pode-se notar que a literatura gótica é, em grande parte, uma literatura ligada ao terror e ao medo.

Como se define a literatura gótica?

Em termos mais gerais, a literatura gótica se define como a escrita que emprega o suspense e as paisagens pitorescas, com dispositivos narrativos melodramáticos. Além disso, há uma atmosfera geral de exotismo, mistério, medo e pavor.

Quando surgiu a literatura gótica na Inglaterra?

A literatura gótica surgiu na Inglaterra do século XVIII, que curiosamente ficou conhecido como o século das luzes. Após surgir na Inglaterra o gótico se espalhou para outros locais da Europa, como a Alemanha e para a França.

Quem é o autor da novela gótica clássica?

Outros escritores da novela gótica clássica são Ann Radcliffe, William Godwin, Matthew Lewis e Charles Robert Maturin. A nova ‘leva’ de obras góticas teve início com duas publicações quase simultâneas, de nomes parecidos: Nightmare Abbey, de Thomas Love Peacock e a obra póstuma Northanger Abbey, da inglesa Jane Austen.

LER:   Como fazer uma mulher mais feliz do mundo?