Quais sao os pronomes?

Quais são os pronomes?

Os pronomes são uma classe gramatical variável que se subdivide em pessoais retos e oblíquos, de tratamento, demonstrativos, possessivos, relativos, indefinidos e interrogativos. Ouvir: Pronomes: o que são, tipos, funções e exemplos 0:00

Quais são os pronomes do plural?

Pronomes Possessivos; 1ª pessoa do singular (eu) meu, minha (singular); meus, minhas (plural) 2ª pessoa do singular (tu, você) teu, tua (singular); teus, tuas (plural) 3ª pessoa do singular (ele/ela) seu, sua (singular); seus, suas (plural) 1ª pessoa do plural (nós) nosso, nossa (singular); nossos, nossas (plural) 2ª pessoa do plural (vós, vocês)

Quais são as variáveis do pronome?

Destas, seis são variáveis, ou seja, sofrem flexão quanto ao gênero, número e grau. É o caso do pronome, o foco deste texto. O pronome é a palavra que substitui ou acompanha um substantivo (nome), definindo-lhe os limites de significação.

Qual o significado do pronome indefinido?

Pronome Indefinido Empregados na 3ª pessoa do discurso, o próprio nome já indica que os pronomes indefinidos substituem ou acompanham o substantivo de maneira vaga ou imprecisa. Nenhum vestido serviu na Antônia. (o termo “nenhum” acompanha o substantivo “vestido” de maneira vaga, pois não sabemos de que vestido se fala)

Quais são os pronomes relativos?

São exemplos de pronomes relativos: QUE, O QUAL, A QUAL, OS QUAIS, AS QUAIS; QUEM; ONDE, AONDE, DE ONDE (DONDE); CUJO (S), CUJA (S); COMO; QUANTO. Em primeiro lugar, veja a capacidade de retomada e de substituição desses pronomes: Pegue os livros que estão sobre a mesa.

Como funcionam os pronomes oblíquos?

Vale lembrar que os pronomes oblíquos “o, a, os, as, lo, la, los, las, no, na, nos, nas” funcionam somente como objeto direto. 2. Pronome Possessivo Os pronomes possessivos são aqueles que transmitem a ideia de posse. Nosso trabalho ficou muito bom. (o objeto possuído é o trabalho, que pertence à 1ª pessoa do plural)

Qual a classificação do pronome “quantos”?

A classificação do pronome “quantos” é a mesma do exemplo anterior, isto é, aqui ele também é entendido como um pronome interrogativo, mas, neste caso, seu sentido é diferente da primeira oração. Nessa segunda oração, o pronome interrogativo é utilizado para expressar admiração ou surpresa, isso ocorre em função do sinal de pontuação utilizado.

Qual o significado do pronome “alguém”?

No exemplo acima, o pronome “alguém” traz uma imprecisão quanto a informação de quem ou quantas pessoas moram na casa. A única conclusão que pode se tirar é que há pelo menos uma pessoa vivendo na casa, mas é impossível definir quem.

Qual o significado do pronome “vocês”?

Curiosidade: o pronome “você” e “vocês” são reconhecidos como pronomes de tratamento comumente usados para o trato íntimo entre pessoas. Esse deriva da transformação do pronome de tratamento “Vossa Mercê” durante a história da língua portuguesa.

LER:   Qual o nome da arvore borracha?

Quais são os pronomes demonstrativos?

Exemplos de pronomes demonstrativos: este, esta, estes, estas, isto, esse, essa, esses, essas, isso, aquele, aquela, aqueles, aquelas, aquilo. Exemplos de outras palavras que atuam como pronomes demonstrativos : o, a, os, as, mesmo, mesma, mesmos, mesmas, próprio, própria, próprios, próprias, tal, tais, semelhante, semelhantes.

Quais são os pronomes de tratamento?

Exemplos de pronomes de tratamento: você, senhor, senhora, senhorita, Vossa Senhoria, Vossa Excelência, Vossa Eminência, Vossa Santidade, Vossa Reverendíssima, Vossa Alteza, Vossa Majestade, Vossa Magnificência, Vossa Paternidade, Vossa Majestade Imperial, Vossa Onipotência. Veja também: Uso dos pronomes de tratamento.

Os Pronomes são as palavras que substitui ou acompanha um substantivo, indicando sua posição em relação ás pessoas do discurso ou mesmo situando-o no espaço e no tempo. São eles: eu, contigo, aquele. Eu fui ao shopping.

Qual a função gramatical do pronome?

Essa referência pode se dar quando o pronome acompanha o substantivo ou quando o substitui. Também é comum que o pronome sirva para retomar um substantivo já explicitado anteriormente no enunciado. Os pronomes podem ter função gramatical de adjetivo ou de substantivo.

Quais são os pronomes adjetivos?

Os pronomes podem ter função gramatical de adjetivo ou de substantivo. Os pronomes adjetivos fazem referência a qualquer substantivo expresso em algum momento do enunciado. Por ajudarem a especificar o substantivo do enunciado, esses pronomes são classificados como pronomes adjetivos. Veja: “O meu celular está sem bateria.”

Por que os pronomes não acompanham um substantivo?

Os pronomes substantivos, por outro lado, não acompanham um substantivo. Ao invés disso, são os próprios pronomes que assumem a função de substantivo no enunciado. Em alguns casos, eles podem, inclusive, não se referir a nenhum substantivo determinado no enunciado. “ Eu não fiz mais do que a obrigação.” “Os filmes são cada vez mais caros.

Quais são os pronomes utilizados na língua inglesa?

Tais partículas são conhecidas como pronomes relativos. Na língua inglesa, os pronomes utilizados são: Who, Whom, Which, Whose e That. Todos eles são responsáveis por unir uma frase à outra ou fornecer informações adicionais à frase anterior sem ter a necessidade de começar outra.

Quais são os pronomes reflexivos?

Os pronomes reflexivos são aqueles que aparecem após o verbo, concordando sempre com o sujeito da oração. São palavras construídas com os sufixos “- self ” (no singular) e “- selves ” (no plural). Confira abaixo uma tabela de pronomes em inglês, com as correspondências das diferentes classificações.

Os pronomes de tratamento são termos respeitosos empregados normalmente em situações formais. Mas, como toda regra tem exceção, “você” é o único pronome de tratamento utilizado em situações informais.

Os pronomes demonstrativos são utilizados para indicar a posição de algum elemento em relação à pessoa seja no discurso, no tempo ou no espaço. Eles reúnem algumas palavras variáveis – em gênero (masculino e feminino) e número (singular e plural) – e as invariáveis.

Quando deve ser usado o pronome “aquele”?

O pronome “aquele” deve ser usado quando o elemento de que se fala está distante da pessoa que fala e da pessoa com quem se fala. Neste caso, o livro está na última prateleira da livraria/biblioteca.

Quais os pronomes pessoais de tratamento?

Os pronomes pessoais de tratamento são aqueles que indicam um trato cortês ou informal e sempre concordam com o verbo na terceira pessoa. Quando falamos diretamente com a pessoa, usamos o pronome de tratamento na forma Vossa .

LER:   Onde ver os decretos municipais?

Como usa-se o pronome de tratamento?

Embora o pronome de tratamento dirija-se à segunda pessoa, toda a concordância deve ser feita com a terceira pessoa. Assim, usa-se VOSSA quando conversamos com a pessoa e SUA quando falamos da pessoa. Vossa Senhoria deveria preocupar-se com suas obrigações e não com as de Sua Excelência, o Governador, que está em viagem.

Comecemos pela visão geral. Os pronomes são palavras que representam (substituem) ou acompanham (determinam) um termo substantivo. Esses pronomes vão poder indicar pessoas, relações de posse, indefinição, quantidade, familiaridade, localização no tempo, no espaço e no texto, entre outras.

Quais são os pronomes relativos de uma obra?

Aquele , aquela, aquilo são usados quando as coisas ou seres estão longe do falante e do ouvinte. Por exemplo: Aquela obra não apresenta boa segurança. Pronomes relativos são aqueles que se referem a um termo anterior, retomando-o na oração seguinte. Encontramos a carta que havia sumido.

Como é classificado o pronome “aqueles” na oração?

Por outro lado, o pronome “aqueles” é classificado como pronome substantivo, pois não está ligado a um substantivo, mas sim “na própria posição” do substantivo “livros”, que não aparece na oração, estando apenas implícito, representado pelo pronome. Vamos aos apontamentos principais sobre essa importante classe.

Pronomes relativos são aqueles que se referem a um termo anterior, retomando-o na oração seguinte. Encontramos a carta que havia sumido. (Aqui temos duas orações: “Encontramos a carta” e “A carta havia sumido”. O pronome relativo que liga as duas orações retomando o termo anterior “carta”).

Qual o pronome mais indicado ao referir-se a pessoas?

Embora o uso de que ou de o qual seja possível ao referir-se a pessoas, o mais indicado é utilizar quem. Esse pronome normalmente será antecedido por uma preposição. Observe nos exemplos:

Quais são os pronomes variáveis?

Os pronomes variáveis são cujo (cuja, cujos, cujas), o qual (a qual, os quais, as quais) e quanto (quanta, quantos, quantas). Quando essas palavras possuem função de pronome relativo, podem referir-se a pessoas ou a coisas, exercendo o papel de referente do antecedente.

Por que o pronome “você” é um pronome pessoal?

O pronome “você”, por exemplo, não é um pronome pessoal, e sim um pronome de tratamento. Por isso, apesar de “você” referir-se à 2ª pessoa (“tu”, ou “vocês” para “vós”), os verbos são conjugados na 3ª pessoa.

Quais são as regras contraídas do pronome?

Essas regras também se aplicam às formas contraídas com preposições e flexionadas do pronome: aquele, aquela, aqueles, aquelas, aquilo, naquele, naquela, naqueles, naquelas, daquele, daquela, daqueles, daquelas. Aquela caneta ali é dele. Aquele foi o melhor ano da minha infância. Aquilo foi o melhor de tudo.

Quanto é um pronome indefinido?

Quanto É um pronome relativo que virá antecedido por um pronome indefinido (tudo, todo, toda, todos, todas, tanto): Fez tanto quanto podia, mas não conseguiu.

Como usar os pronomes na escrita?

O uso dos pronomes ajuda a dar sequência na fala e na escrita, evitando repetições desnecessárias e dando fluidez à informação que está sendo dita. Eles permitem muitas possibilidades de uso e podem substituir substantivos, adjetivos ou seus derivados na formação de diversas sentenças.

Como são classificados os pronomes pessoais?

Eles variam em gênero e número e são classificados de acordo com a função que exercem e sua tonicidade. Quanto à função são divididos em: Pronomes pessoais do caso reto e Pronomes pessoais do caso oblíquo. E, de acordo com a tonicidade, são classificados em: Pronome oblíquo átono ou Pronome oblíquo tônico. Pronomes pessoais retos.

LER:   Quantos protons neutrons e eletrons tem o uranio?

Quais são os pronomes possessivos?

Os pronomes possessivos são aqueles que transmitem a ideia de posse. Essa caneta é minha? (o objeto possuído é a caneta, que pertence à 1ª pessoa do singular) O computador que está em cima da mesa é meu. (o objeto possuído é o computador, que pertence à 1ª pessoa do singular)

Gramática – Pronomes As palavras que substituem os nomes, isto é, que simplesmente indicam as pessoas, as coisas ou os animais, e que, por isso, fazem as vezes dos nomes substantivos ou adjectivos, chamam-se pronomes.

Quais são os pronomes demonstrativos variáveis?

Os pronomes demonstrativos variáveis são aqueles flexionados (em número ou gênero), ou seja, são os que sofrem alterações na sua forma. Por exemplo: esse, este, aquele, aquela, essa, esta. Já os pronomes invariáveis são aqueles que não são flexionados, ou seja, que nunca sofrem alterações. Por exemplo: isso, isto, aquilo.

Exemplos de pronomes possessivos: meu, minha, meus, minhas, teu, tua, teus, tuas, seu, sua, seus, suas, nosso, nossa, nossos, nossas, vosso, vossa, vossos, vossas, seu, sua, seus, suas.

Qual a correta colocação dos pronomes?

Ouvir: Colocação Pronominal – Português 0:00 É a parte da gramática que trata da correta colocação dos pronomes oblíquos átonos na frase. Embora na linguagem falada a colocação dos pronomes não seja rigorosamente seguida, algumas normas devem ser observadas, sobretudo, na linguagem escrita.

Qual é a função desses pronomes?

Pronomes: entenda qual é a função dessa classe de palavras, quais são e a maneira correta de empregá-los nas frases. Como o próprio nome diz, os pronomes representam um nome e assumem sua função sempre que o utilizamos para substituir um substantivo, ou seja, um nome.

Portanto, o pronome é classificado como pronome adjetivo. Os pronomes são tradicionalmente divididos em seis classes: pessoais, demonstrativos, possessivos, interrogativos, relativos e indefinidos. Para utilizar cada pronome corretamente, é preciso conhecer esse grupo de palavras tão específico.

Como os pronomes representam um nome?

Como o próprio nome diz, os pronomes representam um nome e assumem sua função sempre que o utilizamos para substituir um substantivo, ou seja, um nome. Indo além, os pronomes também servem de ponte para referências e acompanhamentos de substantivos. Neste momento, eles adquirem qualidades, valores e classificações diversas.

Por que os pronomes são indefinidos?

Por serem pronomes indefinidos, podem ser utilizados com qualquer pessoa, seja neutro ou não, basta estar atento às funções: body / one (pessoa), thing (coisa), where (lugar). Os pronomes indefinidos que começam com some devem ser utilizados apenas em frases afirmativas.

Qual o significado do pronome “consigo”?

O pronome “consigo” faz referência ao sujeito “Maria”. Maria gosta de elogiar a si própria. Maria gosta de falar consigo mesma. Quero conversar consigo. (não há um sujeito que pratica e sofre a ação, portanto, está errado.) O certo é: Quero falar com você.

Qual a diferença entre regular e irregular?

Para entendermos melhor, vamos falar sobre a diferença entre o verbo Regular e Irregular. São verbos que não apresentam alterações no radical em sua conjugação e que admitem as terminações próprias de sua conjugação.

https://www.youtube.com/watch?v=HAYnNki4mp4

Exemplos de outras palavras que atuam como pronomes demonstrativos: o, a, os, as, mesmo, mesma, mesmos, mesmas, próprio, própria, próprios, próprias, tal, tais, semelhante, semelhantes. 4. Pronomes interrogativos

Quais são os pronomes interrogativos?

Os pronomes interrogativos são palavras variáveis e invariáveis empregadas para formular perguntas diretas e indiretas.